sábado, 7 de agosto de 2010

Saudade de Mim

Sou o tipo de pessoa que se expressa melhor escrevendo. Sempre fui assim. Quando era adolescente fazia relatos diários dos meus pensamentos em uma agenda cheia de adesivos, papéis de bala e canetas coloridas. Minha professora de redação (nunca me esquecerei dela, Profª. Ângela) sempre gostou dos meus textos. Não pela qualidade técnica, pois meus textos sempre foram bem simples. Acho que fui contemplada duas vezes no livro anual das melhores redações da escola porque escrevia com paixão. Enfim... gosto de escrever porque assim tenho tempo para pensar, repensar e mudar minhas palavras, caso seja necessário.

Tenho no perfil do Orkut os depoimentos de dois grandes amigos que descrevem quem sou eu. Inclusive achei esta ferramenta o máximo porque sempre tive dificuldade de me enxergar (E olha que sou grande! Piadinha, não resisti!). O primeiro, Ceskadu, escreveu que sou doce e passional, uma mistura de meiguice com explosão de temperamento (chocolate com pimenta) e, quando faço o que gosto, coloco toda a energia que possuo. O segundo, Samuel, escreveu sobre a minha flexibilidade e paixão em fazer e aprender coisas novas.

A razão de eu contar isso é que não reconheço estas características em mim. É como se eu fosse outra pessoa. É como se eu, sei lá... estivesse acorrentada.
E é estranho dizer isso... mas sinto saudade de mim.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...